Por que as habilidades de Comunicação de João Doria incomodam tanto?

Tempo de leitura: 2 minutos

O prefeito de São Paulo é alvo da mídia todos os dias, desde antes de sua eleição. Memes, críticas e todo tipo de ataque são direcionados a ele, que destoa do perfil da maioria dos políticos brasileiros.

Acusado de ser ‘coxinha’, ele está quebrando a crença de que, para ter acesso às camadas mais populares é preciso ter atestado de probreza. Doria defende que é preciso ouvir a população e ter propostas para atender as necessidades. Com isso, ele pratica uma das virtudes mais importantes de um bom comunicador: a arte de ouvir. Até porque falar ele já sabe: é empresário, jornalista, publicitário, foi apresentador de talk-shows, palestrante e organizador de eventos empresariais. As diversas experiências acrescentaram valor à bagagem dele que usa bem 5 características de um comunicador excelente:

  1. Ele usa o português correto: tem muito vereador, deputado, senador, governador e até presidente da República que não usa bem o próprio idioma. Doria fala fácil, fala simples e atinge a todos com sua comunicação clara.
  2. Ele se veste bem, sem ofender o interlocutor.
    A vestimenta é parte da personalidade de alguém, por isso não pode ser distorcida para se tornar ferramenta de aproximação com o outro. Há muitas formas de se mostrar próximo. Doria usa roupas de marca, com ótimo corte e sempre bem passadas. Isso é preocupação com a imagem; isso é coerência com a imagem que ele deseja transmitir: de homem sério e que trabalha duro. Vestir-se bem é respeitar o outro, é uma homenagem.
  3. Ele tem raciocínio rápido e por isso organiza o pensamento de forma coerente. Resultado: o discurso é objetivo e focado na mensagem que deseja transmitir, diferente da enrolação, técnica preferida de muitos políticos que não dominam o conteúdo e/ou não querem se comprometer com o que dizem.
  4.  Ele fala e faz. A coerência é um dos aspectos fundamentais para o comunicador que deseja ter credibilidade.
  5. Ele argumenta muito bem. Além de ter sempre uma resposta pronta na ponta da língua, Doria tem segurança quando emite uma opinião. Usa exemplos comparativos que ajudam a ilustrar o pensamento e fecha o assunto como quem tem sempre a última palavra correta.

Os exemplos de João Doria podem ser seguidos por qualquer político brasileiro, não como estratégia de marketing, mas como lema de vida. Assim que a classe política entender que a comunicação original e verdadeira pode contribuir com a divulgação de ideias consistentes para transformar a sociedade, nosso país vai se desenvolver de forma progressiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *